Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Página negra: Abu Ghraib

 

 

 

Mapa do Iraque - Destaque Abu Ghraib

 

 

Olá amigos!
Hoje começo a semana a falar de um assunto pouco agradável, com imagens chocantes no final do texto, mas que em minha opinião devem ser vistas, revistas e jamais esquecidas.

Falo como se nota acima de Abu Ghraib, uma prisão no Iraque que ficou famosa no início de 2004, pelas piores razões: tortura e mãos tratos a prisioneiros iraquianos.

Na altura foram divulgadas dezenas de fotos comprometedoras para o exército norte-americano e depois de muitas investigações, mesmo contra o "mal estar" de britânicos e americanos que sempre tentaram esconder o assunto, o resultado final do inquérito resultou em 279 fotografias e 19 vídeos altamente incriminatórios.

Hoje dar-se-á início ao julgamento do Coronel Steven L. Jordan, que será o primeiro oficial americano julgado por maus tratos e torturas a detidos na prisão de Abu Ghraib, no Iraque. Perante um tribunal marcial, em Fort Meade, responde por "crueldade e maus tratos a presos, falso juramento e obstrução da justiça".
Acontece que Jordan nunca interrogou um preso, não supervisionou os interrogadores nem sancionou a utilização de métodos de interrogatórios duros. Mais: denunciou todas as situações impróprias ou de maus tratos de que teve conhecimento. O que leva muita gente a perguntar o que vai começar a ser julgado afinal?

O cargo de Jordan era o de director do Centro Conjunto de Interrogatório. Como não tinha experiência nesse ramo, ocupou-se em acorrer às necessidades dos soldados, sem instalações nem equipamento de sobrevivência para uma zona considerada perigosa.

Nos documentos de acusação é referido um episódio, de 24 de Novembro de 2003, em que Jordan esteve presente. Um preso sírio disparou da cela vários tiros com uma pistola de 9 mm contra militares americanos. Estes descobriram que a arma fora passada por polícias iraquianos, os quais foram detidos e revistados. Porque havia informações de ter sido também passada uma granada, foram utilizados cães para a farejarem.

Diz a acusação que, sendo Jordan o oficial de patente mais alta presente, autorizou os militares a utilizarem os cães de forma agressiva ou não evitou que o fizessem. O advogado de Jordan, o capitão Samuel Spitzberg, diz que ele não esteve presente nos interrogatórios. Pelo contrário, denunciou todas as irregularidades que viu, desde um polícia militar ter fotografado presas no banho a um interrogador que obrigou um detido a andar nu pela prisão.

Desde 2004, Jordan foi impedido de sair do exército e está confinado a funções administrativas em Fort Belvoir, enquanto espera julgamento.

Até agora, todos os implicados nos casos de tortura em Abu Ghraib foram punidos administrativamente e passaram à vida civil, sendo posta uma pedra sobre o assunto.

Foram condenados 11 militares, incluindo duas mulheres, com penas de seis meses a um ano, e só o soldado Charles Graner, considerado principal responsável, foi condenado a dez anos de prisão. Porquê então o julgamento do coronel Steven Jordan?

Mark Day, sargento que fez mais de cem interrogatórios em Abu Ghraib quando Jordan lá esteve, diz que o exército está "a sacrificá-lo no altar da opinião pública enquanto lentamente deixa todos os outros desaparecerem de vista. Ele é agora um prisioneiro do seu próprio serviço. Está preso há quatro anos, emocionalmente, fisicamente e quase literalmente, porque não o deixaram voltar à vida civil". Caso seja considerado culpado, Jordan pode ser condenado a até 16 anos e meio de prisão.

É o preço de quem denuncia atrocidades destas? Corre sérios riscos de ser condenado a penas maiores que os maiores prevaricadores?

Será o bode expiatório por revelar que afinal "os senhores da democracia mundial", os Estados Unidos são capazes do mesmo que afinal Saddam Hussein promovia na dita prisão?

E já agora, Guantanamo? Alguém duvida que poderão ocorrer sevícias e torturas do mesmo grau...

É bom começar a semana a meditar...e a agir!

Façam o favor de ser felizes e de fazer alguém feliz!

Volto a dizer que as fotos que se seguem podem impressionar.

 

 

 

 

One of the previously unreleased images released in February 2006 by SBS in Australia, showing a man covered in excrement forced to pose for the camera  Spc. Charles Graner poses over Manadel al-Jamadi's corpse.

 

England signals a "thumbs up" sign and points at a hooded, naked Iraqi prisoner's genitals.   Pfc. England holding a leash attached to a prisoner collapsed on the floor, known to the guards as "Gus"

 

  Lynndie England and Charles Graner posing with prisoners ordered to form human pyramid   Satar Jabar standing on a box with wires connected to his body

 

Sabrina Harman and Charles Graner in Abu Ghraib

 

 

 

 

 

      

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 00:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

Personagens viram-se ...

Lussaud (França) Olá...

Ler artigo
publicado por docasnasasasdodesejo às 07:26
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Página negra: Abu Ghraib

. Personagens viram-se cont...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds