Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Esclarecer ou não esclarecer nada ???

 

 

Olá amigos!

Ontem, o país parou para ouvir as declarações do Presidente da República, Cavaco Silva, e apesar da enorme expectativa, mais confusos ficamos!

Mais uma vez, após as famosas declarações sobre o Estatuto dos Açores, que por muita importância que tenha, não era merecedor do destaque e da centralidade que o Presidente lhe deu, perante problemas mais graves que atravessava o país, agora são as "escutas" que não são bem escutas, que passam por um mail que é pouco seguro..(enfim, pareceu-me que o Presidente vive noutro século)...

Por isso, porque de tal forma fiquei estupefacto por demorar tanto tempo para nada dizer de concreto, decidi transpor um artigo de opinião do "Expresso" online que penso transmite o que muitos de nós pensamos..

 

 

"As perguntas que um jornalista não pôde fazer" (Luisa Meireles - Expresso Online)

Um jornalista vai a Belém ouvir o Presidente da República, mas não pode fazer perguntas e fica com um montão delas entaladas na garganta.

Um jornalista em Belém ouve o Presidente dizer que houve "manipulação" com o seu nome e a sua figura durante a campanha eleitoral e não pode perguntar por que não a denunciou.

Um jornalista em Belém fica, ali, sentado, a ouvir o Presidente a dizer que considera "graves as declarações de destacadas personalidades do Governo" sobre a eventual participação de membros da sua Casa Civil na elaboração do programa do PSD e que elas são "mentira", e não pode inquirir por que ele não o disse.

Um jornalista em Belém ouve o Presidente afirmar que tem dúvidas sobre os termos exactos das declarações atribuídas a um membro da sua Casa Civil e não pode perguntar a razão pela qual se calou.

Um jornalista em Belém escuta o Presidente dizer que desconhecia totalmente a existência de um e-mail publicado num jornal e que duvida da veracidade das afirmações nele contidas, e não pode perguntar porque razão então houve esse e-mail.

Um jornalista em Belém vê o Presidente, crispado, dizer que não vê onde está o mal de um membro do seu staff ter sentimentos de desconfiança em relação a outros, e não pode perguntar: mesmo se esse outro é um "elemento do gabinete do primeiro-ministro", como está escrito no e-mail?

Um jornalista em Belém ouve o Presidente reafirmar que há dúvidas de que alguém pudesse ter falado em seu nome não estando para tal autorizado e que é por isso que faz "alterações" na sua Casa Civil e não perguntar se o seu colaborador foi ou não demitido ou se permanece ao seu serviço.

Um jornalista em Belém entende que o Presidente se interroga sobre a confidencialidade dos seus computadores e não pode perguntar: mas foi só agora que tem essa suspeita ou há mais tempo?

Um jornalista em Belém ouve o Presidente dizer que se ultrapassaram "os limites do tolerável e da decência" e, finalmente, pergunta-se: e agora, como é que Presidente e Governo vão coabitar, logo agora, que o país mais precisa?

 

 

Certo para mim, é que nada se esclareceu sobre as "escutas" e pior ficámos, num momento fulcral para o futuro do país, com um Governo minoritário.

Quando queriámos esclarecimento a fundo, eis que Cavaco Silva cava em definitivo um fosso entre os dois orgãos. Este tipo de conflitos (Presidente-Governo) já existiu noutros tempos e nunca se chegou a tão baixos termos. Senhor Presidente da República, sinceramente, esperava mais e melhor....

Façam o favor de ser felizes e de fazer alguém feliz!

 

 

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 00:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

O Silêncio que ensurd...

Olá amigos! Nunca campanha recheado de casos e quesílias, a cereja no topo do bolo, inesperadamente surgiu provinda...

Ler artigo
publicado por docasnasasasdodesejo às 00:50
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

Brincadeiras de Verão...

Olá amigos! Ontem uma autêntica bomba caiu no período de campanha para as eleicções legislativas! Fernando Lima, qu...

Ler artigo
publicado por docasnasasasdodesejo às 00:22
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Reflexões da visita d...

Olá amigos! Passados dois dias após a Visita do Presidente da República (PR) à Madeira é tempo de pensar mais f...

Ler artigo
publicado por docasnasasasdodesejo às 00:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Esclarecer ou não esclare...

. O Silêncio que ensurdece

. Brincadeiras de Verão dei...

. Reflexões da visita do PR...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds