Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Ultimato

 

  

 

Recordar tudo. Não perdoar nada.

 

Olá amigos!

Este não é o meu lema.... é apenas a frase publicitária do filme "Ultimato" que invadiu os cinemas nacionais na passada semana.

É o regresso de Jason Bourne em mais um filme de acção trepidante, numa excelente realização de Paul Greengrass, com Matt Damon a comprovar ser mais eficaz nos papéis onde as emoções são pouco ou nada reveladas (como é este o caso).

Jason Bourne (Matt Damon) é um homem que vive sem país e sem passado após ter sido submetido a um treino brutal, do qual não se lembra, por pessoas que não conhece. Ele é uma sofisticada arma humana, perseguida incessantemente pela CIA. Após a sua última aparição ele decidiu desaparecer para sempre e esquecer a vida que lhe foi roubada. Entretanto sai uma notícia num jornal de Londres, que especula sobre sua existência, o que faz com que ele torne-se mais uma vez um alvo. O programa Treadstone, que criou Bourne, já não existe, mas serviu de base para o programa Blackbriar, desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos. O Blackbriar desenvolve uma geração de novos assassinos profissionais gerados secretamente pelo governo, que acredita que Bourne é uma ameaça que deve ser eliminada de uma vez por todas. Já Bourne vê neles uma oportunidade de descobrir quem realmente é e o que fizeram com ele.

Agora, no novo capitulo desta saga de espionagem, Bourne irá desenterrar o passado, de forma a descortinar um futuro.
Viaja de Moscovo, Paris e Londres para Tânger e Nova Iorque com a única finalidade de redescobrir o verdadeiro Jason Bourne.
Simultaneamente tenta desembaraçar-se dos agentes da Policia, Federais e Interpol nas suas constantes investidas para o capturar.

Depois de "Identidade Desconhecida " (realizado por Doug Liman, em 2002) e "Supremacia"  (Paul Greengrass, 2004), "Ultimato" é o terceiro capítulo da saga de espionagem baseada na obra do escritor Robert Ludlum, com uma personagem que apesar de interessante nunca chega aos patamares onde está 007, por exemplo. A consistência do argumento e a dimensão muito fria da personagem desempenhada por Matt Damon, apenas levam à construção de filmes interessantes de entretenimento, sem criar grandes referências. 

A ver pelos fãs de cinema de acção e espionagem. Bom cinema!

Façam o favor de ser felizes e de fazer alguém feliz!

Vejam o trailer (You Tube):

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 00:38
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds