Domingo, 9 de Setembro de 2007

"Os Lobos" - os nossos novos heróis

 

 

                         

 

 

Olá amigos!
Concerteza que hoje partilho convosco um pouco da minha ignorância, mas não quis deixar de fazer aqui referência à presença do nosso país num acontecimento mundial.

Assim, iniciou-se neste fim de semana o Mundial de Rugby em França.

Entre 20 países, dá-se uma estreia, e pela primeira vez uma equipa amadora vai participar. Sabem quem é? Exacto Portugal. A nossa selecção fez história no passado dia 24 de Março, no Uruguai, na eliminatória de repescagem ao manter por um ponto a vantagem conquistada em Lisboa, e garantiu a última vaga nos apurados.

Reconheço que não percebo nada desta modalidade que sempre me pareceu "brutal" e agressiva, mas na verdade todas as entrevistas que li, me fizeram mudar algumas ideias. Qual seria a competição de futebol em que as selecções, após os jogos, vão "tomar" juntas uns copos? Qual a modalidade em que nem se colocam questões relativas a "hooligans" e conflitos entre adeptos?

E o maior mérito desta presença portuguesa é que, como referi, é uma equipa totalmente amadora, em que todos os jogadores têm uma profissão e treinam com muito esforço e dedicação. Esta ascensão do rugby português está muito associada a um jovem seleccionador, Tomaz Morais, de 37 anos, qual Mourinho da modalidade. Ele segundo o capitão, Vasco Uva, "dá sempre o exemplo, corre connosco às sete da manhã, consegue tirar o melhor dos jogadores e tem uma grande capacidade de motivar os jogadores". Utiliza mesmo outras tácticas, como escrever cartas aos jogadores na véspera, "pica-os" e sempre refere que mais vale "quebrar que torcer".

Atendendo à realidade, esta equipa, denominada de "os Lobos", terá naturalmente poucas expectativas, mas a quem dá o seu melhor, que podemos nós pedir, mais do que honrar a nossa camisola e agradecer todo este esforço.

Portugal ficou colocado num grupo em que vai enfrentar a mítica selecção da Nova Zelândia, os "All Blacks" (campeões em 1987), a Escócia, a Itália e a Roménia. Segundo rezam as crónicas, pois como digo, não percebo muito disto, a "ideia" será perder por poucos com as três primeiras e tentar arrancar uma vitória (que na mesma será sempre bem difícil) com os romenos!

Por curiosidade Portugal inicia a sua participação hoje, Domingo, com a Escócia, joga Sábado (dia 12) com a Nova Zelândia, dia 19 (4ª feira) com a Itália e dia 25 (3ª feira) com a Roménia.

Esta competição iniciou-se em 1987 (vitória da Nova Zelândia) e depois a Austrália venceu em 1991 e 1999, a África do Sul em 1995 e a Inglaterra defende o título conquistado em 2003.

Força rapazes! Somos pequeninos é certo, mas somos bons!

Bom Domingo!

Façam o favor de ser felizes e de fazer alguém feliz!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 00:13
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De R a 9 de Setembro de 2007 às 20:52
Amigos, na estreia no mundo da bola oval, fica para a história que a Escócia venceu Portugal por 56-10. Atendendo às diferentes realidades não foi assim tão mau. Curioso que o "man of the match" foi o português Vasco Uva. Quanto a mim, continuo a precisar de legendas para perceber mais desta modalidade, que por muito que contradigam parece-me extremamente violenta!
De andreia a 9 de Setembro de 2007 às 23:05
Rick, para mim o grande valor destes homens é a alegria com que jogam e como se divertem. Mas isso também resulta um pouco do facto de deles não se esperar nenhum feito senão não perder por muitos. Pessoalmente, detesto rugby. O facto de não conhecer uma unica regra deve contribuir para o facto. Mas aposto que muitos dos que hoje acompanharam o jogo também não conhecem. Devem ter feito como aquele pessoal que nunca vai à missa mas não se atrapalha: é só copiar o comportamento alheio. Há golos ali?? E aqueles paus? É uma baliza?? Não sei e não me interessa porque estou ocupada a ver um verdadeiro jogo: a final do US Open entre Roger Federer e Novak Djokovic. Nem o futebol consegue ser tão bom como isto. Jinhos e boa semana para ti.
De R a 9 de Setembro de 2007 às 23:11
Amiga, lamento discordar..porque realmente mesmo sem perceber nada (o que me leva também a não opinar, nem a questionar jogadas ou pontos), é das tais situações em que sinto orgulho naqueles homens que defendem as cores do nosso país, e sofro também com eles a cada minuto, mesmo que só tenha visto cerca de 10 minutos de jogo...Pois desta vez nenhum canal de acesso livre transmite (pelo menos) os nossos jogos! td de bom! Boa semana! Beijos
De docasnasasasdodesejo a 12 de Setembro de 2007 às 07:22
Extractos da Imprensa estrangeira:

L'Equipe
(França)
"O resultado é pesado para Portugal, que empregou muita energia. No barómetro de aplausos os portugueses venceram com larga margem. Nas bancadas só se ouvia "Portugal! Portugal!". Antes do apito inicial, os portugueses abraçaram-se para apreciar o momento. Enquanto se ouvia "A Portuguesa", eles cantaram com tanta força que até dava para desfazer os maxilares. Os portugueses acabaram por fazer mais do que resistir. Se as contas estiveram correctas, nas primeiras 45 placagens até ao primeiro ensaio de Rory Lamont, os lusitanos deram-se ao luxo de não falhar nenhuma."


The Guardian
(Reino Unido)
"Algo monstruoso aconteceu. Portugal marcou um ensaio. O "ponta" Pedro Carvalho ficará para sempre na história do râguebi ao marcar o primeiro ensaio no Campeonato do Mundo para os portugueses. Portugal apenas tem um jogador profissional a tempo inteiro (Gonçalo Uva). O resto é uma mistura de médicos, advogados, veterinários e estudantes. Eles mal podiam acreditar no que lhes estava a acontecer quando toda a equipa cantou o hino com um orgulho fora do normal. Não houve o "estou a perder a compostura porque estou a cantar" que tantos profissionais mostram nos dias de hoje."

The Independent
(Reino Unido)
"A equipa de Frank Hadden [seleccionador escocês] não conseguiu fazer ao grupo português composto por advogados, veterinários e médicos em Saint-Etienne o que a máquina neozelandesa fez à Itália na véspera. Para Portugal, foi um acontecimento de diversão e histórico: um ensaio, uma conversão e uma penalidade na estreia num Campeonato do Mundo. Apesar dos seus receios, "os lobos" não foram nenhuns cordeiros enviados para um massacre. Poderá ser diferente no segundo jogo, já no sábado em Lyon. Os adversários serão
os All Blacks."


Penso que não existem melhores palavras...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds