Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

União Europeia-Angola

 

Olá amigos!

Como já vinha sendo anunciado, eis que a Comissão Europeia num comunicado ontem emitido, actualizou a lista das companhias aéreas proibidas de voar no espaço aéreo da União Europeia. E, nesta lista surge a transportadora de bandeira de Angola, a TAAG.

"A lista negra da UE revelar-se-á uma vez mais um instrumento essencial, não só para impedir que companhias aéreas de risco voem para a Europa e para informar os passageiros que viajam por todo o mundo, como para garantir que as companhias aéreas e as autoridades da aviação civil adoptem medidas adequadas em reforço da segurança", declarou Jacques Barrot, Vice-Presidente da Comissão responsável pelos transportes.

As medidas adoptadas pela Comissão incluem, nomeadamente:

1) proibição das 51 companhias aéreas certificadas na Indonésia;

2) proibição da transportadora de passageiros angolana, TAAG Linhas Aéreas de Angola;

3) proibição de um operador de carga ucraniano, Volare Aviation Enterprise;

4) a restrição de operação já imposta à Pakistan International Airlines (PIA), desde Março de 2007, é alterada, de modo a permitir operações com destino à Comunidade de aeronaves Boeing 747 e Airbus 310 especificadas, para além da sua frota de Boeing 777 já autorizada;

5) revisão das companhias do Quirguistão incluídas na lista.

Para além desta actualização da lista negra da UE, foram unilateralmente adoptadas outras medidas de segurança preventivas por certas autoridades nacionais da aviação civil, na sequência de consultas da Comissão Europeia, designadamente:

- A Federação da Rússia decidiu proibir todas as operações para a UE de quatro companhias aéreas locais de passageiros (Kuban Airlines, Yakutia Airlines, Airlines 400, Kavminvodyavia) e impôs restrições às operações de seis outros operadores (Gazpromavia, UTAir, KrasAir, Atlant Soyuz, Ural Airlines e Rossyia), limitando o número de aeronaves utilizadas nestes voos.

- A Bulgária decidiu alargar as medidas impostas às transportadoras de carga locais, revogando os certificados da Air Sofia, Bright Aviation Services, Scorpion Air e Vega Airlines, suspendendo a Air Scorpio e proibindo as operações da Heli Air Services nos Estados-Membros da UE, bem como na Islândia, Noruega e Suíça.

- A República da Moldávia retirou os certificados a oito transportadoras (Valan International Cargo Charter, Pecotox Air, Jet Line International, Jet Stream, Aeroportul International Marculesti, Aeronord Group, Grixona e Tiramavia), que não eram objecto de uma fiscalização adequada da segurança.

A nova lista encontra-se disponível no sítio Web da Comissão:
http://air-ban.europa.eu

 

 

 

Além de finalmente confirmar-se a quase total insegurança de muitas companhias aéreas do leste europeu, a "bomba" rebentou do lado angolano.


O processo relativo à TAAG remonta a Abril de 2006, na sequência de uma denúncia por parte das autoridades francesas, que detectaram "graves deficiências" a nível de segurança na frota da transportadora angolana.

Em reacção à decisão da Comissão Europeia, as autoridades angolanas já suspenderam as ligações aéreas asseguradas pela britânica British Airways e, segundo a imprensa de Luanda, a TAP já terá sido notificada verbalmente de idêntica decisão — situação que não foi confirmada pela transportadora portuguesa.

O porta-voz do comissário europeu dos Transportes, Jacques Barrot, disse hoje que a decisão do executivo comunitário foi tomada exclusivamente com base em razões de segurança e afirmou que "a retaliação neste caso não ajudará a resolver problemas de segurança e não terá qualquer efeito".
"O que poderá efectivamente ajudar a remover a TAAG da lista negra é única e exclusivamente a promoção de melhorias na segurança" da frota da companhia aérea.

A Comissão Europeia actualiza trimestralmente a lista de companhias proibidas de operar no espaço aéreo europeu, sendo a próxima revisão realizada em Outubro.

As autoridades angolanas deverão apresentar um plano de acção detalhado sobre como pretendem resolver os problemas de segurança, de modo a que a TAAG possa voltar a voar para a Europa.

Em Lisboa, o ministro das Obras Públicas e Transportes, Mário Lino, disse ontem que Portugal está disponível para colaborar com Angola na resolução dos problemas que levaram a TAAG a ser incluída na lista negra da Comissão Europeia.

Recorde-se que esta decisão surge poucos dias depois de um avião da companhia se ter despenhado no aeroporto de Mbanza Congo, na província angolana do Zaire, provocando a morte de pelo menos sete pessoas.

Agora, as ligações entre Angola e a Europa estão comprometidas, e alguns empresários também vêm a sua situação complicar-se. Como poderá Angola viver neste isolamento? O acordo anunciado com as linhas aéreas de Cabo Verde, que implica a ligação Luanda-Sal e de Sal para a Europa resolverá tudo? Creio que não, pois é inevitável que este encerramento do espaço aéreo europeu à companhia angolana terá custos tremendos para o país e para a sua transportadora. A retaliação não parece realmente ser a melhor solução, e o papel de Portugal aqui será mesmo interceder e tentar apurar a melhor forma de ajudar os angolanos, cientes de que a segurança, naturalmente terá que estar sempre em primeiro plano!

Tenham um bom dia!

Façam o favor de ser felizes!

 

 

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 08:00
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De rui ornelas a 5 de Julho de 2007 às 12:17
Eu tenho uma ideia. O Eng. Sócrates bate à porta de Angela, Gordon Brown e de Sarkozy (que por acaso já anda por cá) e pede-lhes que dêem um desconto a Angola caso esta lhes compre aviões da Airbus para renovar a frota angolana e assim resolver mais depressa o problema. Se eles disserem que sim, Sócrates vai a correr bater à porta de José Eduardo (que, segundo consta, é de feitio difícil) e diz-lhe que, se ele resolver ter mais bom-senso, a Europa vende-lhe aviões mais baratos (com um valente desconto) para renovar rapidamente a sua frota.
Parece-me razoável, a não ser que os americanos venham estragar isto. Nesse caso precisaremos que o nosso home em Luanda entre em acção.Que vos parece?
De docasnasasasdodesejo a 5 de Julho de 2007 às 15:03
Em tempo de "vacas magras" não estou a ver esses descontos surgirem. Senão a nossa Tapezinha também merece uns novos Airbus a preço de saldo.... Por outro lado, que raio de ideia foi essa de cair um TAAG em plena semana de discussão de ideias?..
De rui ornelas a 5 de Julho de 2007 às 17:01
Pois, se calhar, até é ao contrário do meu cenário: o Zé Eduardo amua e vai compra-los à Boing só para se vingar dos europeus. É um caso para acompanhar com interesse e vermos como Política e Negócios se “conjugam”…

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds