Sábado, 7 de Abril de 2007

Cultura só de fachada?

 

 

 

 

 

 

Olá amigos, hoje decidi revoltar-me um pouco.

Como sabem, já por algumas vezes falei do Centro das Artes-Casa das Mudas da Calheta na Madeira. Elogiei o espaço, a arquitectura, a implantação e também as exposições em exibição.

Quanto a isto nada a dizer, tanto mais que neste momento, volto a afirmar, estão em exibição três excelentes mostras de obras distintas, desde as Litografias de Paula Rego, ao Surrealismo de Cesariny, Cruzeiro Seixas e outros, e as Fotografias de Himiko Yoshida, de que já falei em anteriores posts.

Agora, volto a falar por razões algo negativas.

Primeiro, é estranho que um espaço  que não fica no centro, nem de acesso rápido, feche todos os dias às 18 horas. Afinal, não seria normal fechar às 19, ou mesmo 20h, tendo em conta a distância, os dias longos, em especial no Verão?

Segundo, após ter divulgado estas exposições a vários amigos, na 5ª feira juntei-me a alguns e voltamos lá a meio da tarde. Qual o espanto, ao depararmos com o seu encerramento. Mais, qual organismo de função pública, fechou às 13horas de 5ª feira e 6ª feira e Domingo de Páscoa está encerrado (algo que mesmo assim considero aceitável). 

Agora, pergunto, que espaço cultural é este? que aposta foi e é feita? Será mais um elefante branco, em que daqui a dias veêm dizer que não tem público? Certo é que 5ª feira, num espaço de 5 minutos perderam 9 visitantes, entre turistas que paravam e iam embora, e madeirenses.

Há aposta clara neste Centro, ou é mera fachada que se inaugura, e nem orçamento tem para pagar funcionários a feriados e fins de semana?

Reconheço que tudo tem custos, mas se queremos mudar alguma coisa, se há aposta na cultura, tem que se possibilitar que em horários mais livres, feriados ou fins de semana, as pessoas possam visitar este espaço.

Terá o Centro das Artes orçamento condigno para fazer face à realidade? Não basta dizer que estamos em crise, há que conter, isso não justifica tudo..., tanto mais que estamos a construir a sociedade, as bases culturais.

Também reconheço que para os próprios funcionários é melhor não trabalhar nestes dias, mais agradável, mas afinal de contas, temos consciência do que são estes espaços, de que é que eles vivem?.. Presumo que de público, visitantes que terão maior disponibilidade em horários opostos aos que estão a funcionar! Será isto que vai ocorrer nos vários museus por este país fora?

Que rica cultura temos?...Que rica cultura incutimos?... Que janela estamos a construir para o futuro?

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 09:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds