Terça-feira, 3 de Março de 2009

Viciados na Internet são mais agressivos

 

 

Olá amigos!

Já se suspeitava mas um estudo realizado em Taiwan revelam que os jovens viciados na Internet tendem a ter comportamentos violentos e agressivos

O estudo envolveu cerca de 9400 adolescentes e revelou que os jovens mais preocupados com o tempo que passam na Internet, são aqueles que admitem terem batido ou ameaçado alguém no ano passado.

No mesmo estudo os investigadores consideram que também os jovens com comportamentos depressivos ou que passam muito tempo em frente à televisão a assistir a conteúdos violentos, têm tendências de violência.

Segundo a Reuters um dos investigadores defende ser possível que os jovens violentos sejam os que tenham uma utilização mais obsessiva da Internet. Alertou ainda para o papel dos pais, que devem ser mais atentos ao comportamento dos seus filhos quando estes estão a navegar online.

Para os investigadores, as principais provas de vício na Internet surgem quando os jovens estão vários dias sem aceder à Internet, e dizem respeito a um sentimento de irritabilidade ou a falta de interesse em actividades não relacionadas com a Rede.

O estudo revela ainda que dentro do grupo dos adolescentes viciados na Internet, os que têm comportamentos mais violentos e agressivos são os que passam grande parte do seu tempo em chats, sites de jogos, sites de pornografia e fóruns de discussão.

O autor do estudo acredita que este tipo de sites podem incentivar os jovens "a libertar a sua raiva" e seguirem comportamentos que normalmente não têm na vida real.

É caso para reflectir... em especial o acompanhamento que se faz às crianças e jovens.

Façam o favor de ser felizes e de fazer alguém feliz!

 

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 00:36
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Zé da Burra o Alentejano a 17 de Março de 2009 às 15:52
Deixem-se de "tretas": primeiro a culpa era dos livros de banda desenhada violenta, depois era dos filmes violentos e agora é por causa dos jogos violentos (?)

A verdade é que as actuais formas de educação estão erradas: "está tudo de pernas para o ar"

Os professores estão hoje impedidos de castigar fisicamente os alunos, mas não só: os próprios pais estão hoje sujeitos a duras penas se o fizerem em muitos países, incluindo em Portugal, por isso começou já a dar-se uma inversão em termos de autoridade que passou dos professores para os alunos e até dos pais para os filhos. Por isso não é de espantar que os professores tenham muita dificuldade em manter a ordem na sala de aula e por vezes nem o consigam, chegando até a ser severamente agredidos por alguns alunos. Começam também a surgir casos de pais que são duramente castigados pelos seus filhos quando não lhes satisfazem os caprichos, o que chega a acontecer em público, tendo sido já mostrado na televisão. Isto prova que os actuais conceitos de educação estão errados e um dia as ideias que agora dominam, de não aplicar quaisquer castigos físicos em quaisquer circunstâncias, terão que mudar. O Governo Português também não os admite por serem condenados pelo ocidente e pela EU, onde as mudanças terão que ocorrer primeiro. O problema nesses países é até mais grave do que por cá, por isso, em breve, deverão chegar à conclusão que alguns castigos físicos terão que ser repostos pelos pais e até pelos professores, sob pena de estarmos a criar cada vez mais pessoas inúteis, que não se adaptarão a cumprir nem ordens, nem horários, nem quaisquer outras regras, e que viverão sempre à custa dos outros porque é mais fácil, até porque foram habituados a fazer sempre apenas o que lhes dá prazer. Na vida real não é assim e como diz o ditado “de pequenino é que se torce o pepino”...
Os castigos físicos eram bem tolerados pelas anteriores gerações de pais e no futuro voltarão a sê-lo porque compreenderão a necessidade de ser dada autoridade aos professores para castigarem os alunos mal comportados para a protecção dos seus filhos que são as primeiras vítimas dos colegas delinquentes. Actualmente as escolas não têm meios de os proteger. Há até um abuso de linguagem ao se apelidar de "crianças" a todos os jovens de menor idade. Até parece que a inteligência e a capacidade de distinguir o bem do mal chega na noite em que completam dezasseis anos. Mas uma “criança” de três anos terá a mesma capacidade de entendimento de uma de uma outra treze? Agora já não temos um vocábulo que as distinga a não ser que continuemos a chamar “bebé” à de três anos, o que também não me parece correcto! Fazendo um esforço para compreender a extensão do termo “criança” a todos os rapazes e raparigas apenas concluo que é apenas para menosprezar o aumento da delinquência e da criminalidade nas camadas jovens, porque sendo praticada por crianças não se lhes dá tanta importância.
Afinal nem tudo é mau porque a maioria das crianças continua bem comportada e não necessita de tareia. Mas o facto das crianças saberem que podem ser castigadas é só por si um desincentivo ao mau comportamento, tal como os adultos: cumprem as leis porque sabem que podem ser punidos se as não cumprirem e quanto maior for a penalização maior é o cuidado.
É claro que quando apoio os castigos físicos em casa e nas escolas me refiro apenas até cerca dos dez ou doze anos, o que deverá ser suficiente para socializar o aluno, mas, se não for, os jovens em causa deverão ser encaminhados para casas de "correcção" (ou outro nome que julguem mais conveniente) onde, com apoio psicológico, sejam habituados compulsivamente a cumprir regras, como: levantar, comer e deitar a hora certa e tratarem eles próprios das suas necessidades pessoais, aí as actividades de lazer deverão ser permitidas mas canceladas em caso de mau comportamento. Se até isso falhar então deverão ser casos perdidos.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds