Quarta-feira, 21 de Março de 2007

"Pinto para dar uma face ao medo"

 

 

Paula Rego, nasceu em 1935 e vive desde 1976 em Londres. Após a divulgação da obra em exposição na Fundação Gulbenkian, não resisti a mostrar mais algumas das suas muitas obras. Com uma sexualidade e agressividade bem visíveis em todos os seus quadros, apenas deixo uma pequena frase que a artista em tempos disse: "Pinto para dar uma face ao medo". E digo-vos, que ao olhar as obras da pintora sempre senti que me transmitiam uma espécie de higiene mental. É como se ao pintar o desespero, a crueldade, a fúria, o grito, ela exorcizasse  os seus fantasmas, e criou um mundo à parte, o mundo dela, e para o mundo da arte, surgiu como oferenda o seu grande dom! Gostaria que essa capacidade de extravasar alma e sentimentos, contínue por muitos e muitos anos, a bem da cultura e arte portuguesa.
Sejam felizes!

 

 

paula-rego-three-blin-mice-1990.jpg

 

 

 

paula-rego-family-1.jpg

 

 

 

 

 

 Bride

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 01:02
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De João Azevedo a 21 de Março de 2007 às 13:50
Amigo, obrigado por continuares a divulgar esta Nossa Diva da pintura, para quem conhece o seu trabalho, mais vez e sempre deliciar-se com estas telas fotografadas, Para quem não conhece que se divirta, chore ou que venham todos os sentimentos cá para fora, pois é isto é uma das qualidades ou melhor dizendo consequências da nossa Paula Rego.
Magnífico trabalho o que estás fazendo. Bem hajas.
Abraço
De R a 21 de Março de 2007 às 15:22
Olá amigo, td bem? Obrigado pelo comentário, pelo apoio, pela força!
Relativamente ao trabalho de Paula Rego, é sempre uma descoberta, uma história que passa e nos transmite toda a força que vai dentro dela e do que ela passou à tela. São notáveis os dons do ser humano, e o dela espalha-se pelo mundo inteiro! td de bom!
De F a 23 de Março de 2007 às 18:35
Apesar de reconhecer que é uma boa pintora, não sou muito admirador da sua forma de entender a realidade feminina, i.e, de olhar os sentimentos das mulheres: porque toda a realidade é feita de sentimentos. As mulheres são brutalizadas, sem graça, predominantemente masculinas, e, enquanto crianças, amadas pelo pai, parecem quase sempre cruéis. Por outro lado, as que crescem sem se masculinizar ficam sempre crianças ou em corpos de criança, parecem frágeis e desamparadas, ou, sendo boas mães, ficam com um certo ar bovino e complacente.

Também não chego a perceber se não há uma forma de elitismo na sua visão, porque quase todas as mulheres parecem mulheres rudes, campestres, apesar de aparecerem com vestidos caros, ou em roupas mais cuidadas e feminis. Assim, serão todas as mulheres portuguesas e a sua essência que é retratada ou será que não é apenas um olhar sobre o quão rude, desadequado e ridículo ficariam essas mulheres tradicionais em vestes mais cuidadas ou delicadas (imagina-as em roupa interior da Victoria Secret…mas não é só uma questão de corpo.). Curioso também é que estas pinturas retratam precisamente quem provavelmente tem menos possibilidades tem de ir vê-las.

Talvez o medo justifique tudo, é bem possível, a sua existência ou a falta dele, e que cada pessoa até possa ser expressa numa equação dos medos que tem, dos que não tem e da quantidade de cada um. A arte da Paula Rego é simplificar esses medos, relacioná-los com a infância e a perversão, com a decepção e a morte. Mas continuo a não gostar e penso que se pode dar uma outra imagem de Portugal.

Em resumo, embora a Paula Rego esteja a caminhar para ser uma mestre da pintura portuguesa, não podemos idolatrar o seu estilo, mesmo que se de uma forma implacável retrate uma certa faceta portuguesa, numa espécie de zoo doméstico.

Ab.

Filipe Santos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds