Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

"Na Pele dos Outros"

 

 

 

 

Olá amigos!

Na última "Pública" li uma crónica de Faíza Hayat que me interpelou e voltou a questionar o funcionamento da saúde em Portugal... e essencialmente das nossas mentalidades e comportamentos, que são transversais a toda a sociedade portuguesa. 

 

Conta a cronista que o seu amigo Giorgio, que adoeceu em Lisboa, vítima de uma intoxicação alimentar, teve de ser internado no Hospital de Santa Maria.

No primeiro dia, atordoado, não falou, e achou que os enfermeiros o tratavam com desprezo, mesmo com alguma brutalidade.

No segundo dia, ao pedir algo em português (Faíza revela que Giorgio fala um português perfeito), notou que o olharam com espanto. "Você não é romeno?" foi a pergunta, ao qual respondeu "Romeno, eu?! Nem conheço a Roménia, nem nunca lá estive".

Nesse dia já o trataram com outra deferência e até as injecções doíam-lhe menos.

Ao terceiro dia, Faíza foi fazer-lhe uma visita e ao indagar do seu estado a uma enfermeira, ela respondeu: "Aquele coitadinho que comeu ovos com salmonelas? O brasileiro?". A cronista esclareceu que ele não era brasileiro, mas sim italiano, de Roma. A enfermeira espantada ainda retorquiu "Mas fala tão bem português..."

A partir desse momento, segundo o seu amigo, o tratamento mudou por completo. Passaram-lhe para as mãos o comando da televisão, médicos e enfermeiros vinham visitá-lo, partilhar vivências de Roma, até a comida parecia ter melhorado. A enfermeira que todos os dias lhe dava as injecções parecia ter apurado a técnica pois ele já mal as sentia. Tanto que ele atreveu-se a comentar: "Sabe que quando eu era romeno você me magoava muito, depois passei a ser brasileiro e magoava-me menos e agora que sou italiano quase nem sinto a agulha.." Mas a enfermeira negou qualquer diferença de tratamento, pois naquele hospital todos são tratados da mesma maneira.

Curioso é que esta experiência é contada por Giorgio como algo que o tornou melhor, porque ajudou-o a compreender o que é estar na pele dos outros.

A mim esta crónica faz-me meditar em imensas coisas.... começando pelo azar ou sorte de ter nascido neste ou naquele país, ser branco, preto ou loiro... Que mundo é este que construimos?

Aliás, nem precisamos ir mais longe... basta vestir o nosso melhor fato e ir a uma simples tabacaria comprar o jornal ou tomar um café e o atendimento muda para sorrisos e deferência... Mesmo que sejam as mais falsas do mundo...

Até quando?

Façam o favor de ser felizes e de fazer alguém feliz!

 

 

publicado por docasnasasasdodesejo às 00:18
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Joana Carvalho a 28 de Maio de 2008 às 01:58
É triste que as pessoas ajam com outros de acordo com as aparências, quando essas muitas vezes podem ser as mais falsas...!!! ....em pleno século XXI ainda se assiste a cada coisa, que arrepia....
De docasnasasasdodesejo a 28 de Maio de 2008 às 16:46
Olá amiga! Pois arrepia, até causa "sarna", mas parece como aquela música "eu nasci assim, eu vivi assim.." e o país só muda quando a sociedade, isto é, cada um de nós mudar....Sê feliz!
De Anónimo a 29 de Maio de 2008 às 23:01
A diferença é que no caso da Gabriela, até que nínguém se importaria que tudo "fosse sempre assim...". No entanto, coisas há que só mudam para pior, outras que nunca mudam, e outras ainda das quais, sinceramente, nínguém quer saber se mudam ou não. Sabes muito bem que não é só uma questão de aparências, mas também de reputação, ou já te esqueceste das tuas amigas romenas na Rússia, ou das artimanhas pelas ruas de Lisboa?
E não partimos tantas vezes para a guerra a pensar na paz?

Filipe.
De diariodeumamulhermadura a 28 de Maio de 2008 às 11:27
concordo plenamente. há muita discriminição em portugal seja a que nivel for, descriminação racial, étnica, sexual, a todos os níveis. sei de um amigo meu que numa fnac foi chamado para pagar um livro que comprou logo no posto de atendimento e não nas caixas por o livro ter um título digamos de carácter sexual ou apelando à sexualidade. deviam ter vergonha que andasse pela loja com o livro na mão e foram eles que lho venderam. é impressionante.

gostei do blog.

beijinhos
De docasnasasasdodesejo a 28 de Maio de 2008 às 16:47
Olá! Obrigado pela presença e pelo comentário! Esta sala comum está sempre ao dispor para opiniões, reflexões, comentários, partilhas...
Sê feliz!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Taken - Busca Implacável

. Vemo-nos

. Family Guy

. 7 Maravilhas de origem po...

. Top CINEMA 2010

. O filme desilusão do ano ...

. Um novo dia!

. Novas formas de cativar e...

. E Madaíl porque não saiu ...

. O som para uma boa semana

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Casino Europa
video poker casinos

.subscrever feeds